Rabanete é um dos 20 produtos mais comercializados na CEAGESP

Notícias
Tipografia

Ao contrário da beterraba, o rabanete está em plena safra. De acordo com a tabela de sazonalidade da CEAGESP, a produção começa a ficar forte a partir do mês de maio. Isso devido às temperaturas baixas desse período, geralmente ele cresce melhor entre 8°C e 20°C.

A verdura, que é uma raiz tuberosa, segundo a Embrapa, ela apresenta grande variação de tamanho e de forma, podendo ser redonda, oval ou alongada possui casca é de cor branca, vermelha, ou vermelha e branca, enquanto a polpa é sempre branca. O rabanete redondo de casca vermelha é o preferido no mercado brasileiro.

“O rabanete é um tubérculo indicado para saladas. O ideal é consumi-lo com a casca. Ele é rico nas vitaminas A, C e B3, que ajudam na resistência. O rabanete também possui grande quantidade de enxofre, que ajuda o organismo a desintoxicar, melhorando, assim, a saúde do fígado e da vesícula”, explica a nutricionista Karin Honorato.

Na CEAGESP, de acordo com o balanço realizado na comercialização de janeiro a dezembro do ano passado, o rabanete ficou entre os 20 produtos mais vendidos do setor de verduras.  Foram aproximadamente 1.500 toneladas, em 2016. O que gerou um valor financeiro de 3 milhões de reais durante o período. E no primeiro trimestre de 2017, já são 392 toneladas e se manter esse ritmo, a tendência é de superar os números obtidos do ano passado.

Assine gratuitamente nosso newsletter e receba os informativos com as principais notícias da semana.