Número de acidentes vem diminuindo ao longo do tempo na CEAGESP

Notícias
Tipografia

Praticamente, quem já esteve no Entreposto paulista sabe bem que o risco é iminente. Pois, basta uma fração de segundo, por exemplo, ou um deslize de atenção para algo sério acontecer.

Isso porque, só para ter uma ideia, segundo a Companhia de Abastecimento de São Paulo, circulam, diariamente, cerca de 50 mil pessoas e 12 mil veículos, em uma área de 700 mil metros quadrados. Sem contar com os profissionais que trabalham com as empilhadeiras.

Entretanto, mesmo com todas essas probabilidades de alguém se acidentar, de acordo com o Relatório de Prestação de Contas Ordinária Anual, há cinco anos consecutivos, pelo menos, o número de acidentes vem diminuindo, gradativamente, no Entreposto. Sendo que em 2013, a Companhia registrou 16 ocorrências de trabalho.

Já, em 2014, foram 15. No ano, seguinte, em 2015, mais uma vez houve uma diminuição, dessa vez com 11, no total. No ano passado, a média se manteve, com 10 acidentes ocorridos. 

Por incrível que pareça, mesmo pedestres e veículos trafegando nas mesmas vias, a causa mais comum envolve o uso de escadas e não por atropelamento, como era de se imaginar.  

“O maior desafio é trabalhar com a prevenção, porque, tem bastante gente que não quer se adequar com normas. Tem gente que ainda insiste em trabalhar, por exemplo, sem o equipamento de proteção. Mas a gente vai orientando e aos poucos, o pessoal está se adequando. Então, esse é o maior desafio”, esclarece a bombeira civil Iliane Regina. 

Assine gratuitamente nosso newsletter e receba os informativos com as principais notícias da semana.