Frutas, legumes e verduras na primeira alimentação dos bebês

Notícias
Tipografia

O que que tem na sopa do neném? Será que tem espinafre? Será que tem tomate? Pois bem, essa música é da dupla infantil: Palavra Cantada. Paulo Tatit e Sandra Peres lançaram esse hit, em 1996 e até hoje é cantada por muitas mães e pais, principalmente, na hora da alimentação do bebê.

É muito importante para o bebê ao completar os seis primeiros meses de vida a ingestão dos primeiros alimentos. E os especialistas indicam o consumo de FLV – Frutas, Legumes e Verduras.

Sendo que de acordo com o Ministério da Saúde e a OMS - Organização Mundial de Saúde, nessa idade pode ser feita a introdução de alimentos complementares (cereais, tubérculos, carnes, leguminosas, frutas e legumes) três vezes ao dia, de forma lenta e gradual, mantendo o leite materno até os dois anos de idade ou mais. 

“Com seis meses é indicado que a criança receba frutas nos intervalos de mamadas da manhã e da tarde. E que tenha sua primeira refeição principal, que pode ser o almoço ou jantar. Recomenda-se que a segunda refeição principal seja oferecida a partir dos sete meses”, explica a nutricionista Vivian Zollar.

Mas não são todos os alimentos que podem ser consumidos, logo no início.  Até completar um ano de vida, o leite é insubstituível. “Nos demais horários a criança deve receber leite materno em livre demanda ou fórmula infantil conforme orientação do profissional nutricionista ou pediatra responsável pelo acompanhamento da criança”, esclarece Vivian Zollar.

Na hora do preparo, importante é que em vez de bater no liquidificador, sempre procurar amassar o legume com um garfo, pois assim seu bebê exercitará a mastigação. Se ficar pedações muitos grossos, passe por uma peneira.

Ao iniciar a alimentação sólida do seu pequeno, evite oferecer a ele alimentos como frituras, enlatados, refrigerantes, balas ou salgadinhos – pois eles possuem grandes quantidades de gorduras e açúcares, e quase nenhuma nutrição.

Assine gratuitamente nosso newsletter e receba os informativos com as principais notícias da semana.