Entreposto - Ceagesp, Ceasa - Agricultura em Mogi é sinônimo de orgulho

Agricultura em Mogi é sinônimo de orgulho

Notícias

A cidade é uma referência nacional na agricultura e é reconhecida por produzir diversas culturas do setor de hortifrúti. Título que a prefeitura tem o maior orgulho de estampar. Ela é reconhecida, por exemplo, como a capital do caqui.

 Mogi das Cruzes fica em uma região metropolitana de São Paulo, com aproximadamente 163 mil habitantes e se destaca em vários setores da horticultura. A cidade está localizada no Cinturão Verde, principal área produtiva do Estado de São Paulo. A agricultura regional chega a movimentar, anualmente, mais de R$ 450 milhões.

"É uma área muito importante. Por mais que tenhamos o desenvolvimento industrial e do comércio, a zona rural é uma grande potência na plantação de hortaliças e frutas. Ela é responsável por empregar boa parte da mão de obra da cidade, pois são pequenas áreas em que o trabalho braçal tem grande demanda, diferentemente de outras produções que são mecanizadas", destacou o secretário de Desenvolvimento, Sadao Sakai.

O município, por exemplo, é um dos maiores produtores de flores do País. De acordo com os dados da Secretaria de Agricultura, a produção de Orquídeas é de 2,5 milhões de vasos por ano, o que representa algo em torno de 80% da Produção Nacional.

Além da floricultura, outro setor onde que Mogi é considerado como uma referência é na produção de frutas. “Temos uma produção estimada no setor da fruticultura em 31 mil toneladas com um faturamento de R$ 60 milhões”, mencionou até então o prefeito, no mandato de 2009 a 2016, Marco Bertaiolli.

Praticamente, ela é considerada a capital do caqui e da nêspera. “São referências importantes que destacam nossa cidade no cenário agrícola nacional e estimulam o investimento dos agricultores em novas tecnologias para incrementar a produção”, disse o ex-prefeito.

Assine gratuitamente nosso newsletter e receba os informativos com as principais notícias da semana.