Entreposto - Ceagesp, Ceasa - Fique atento a esses sintomas

Fique atento a esses sintomas

Notícias

A relação da sociedade atual com a alimentação é um ponto muito importante a se debater e ficar em alerta, pois pode acarretar em problemas sérios de saúde, levando muitas vezes a desenvolver transtornos alimentares.

Devemos nos preocupar com nosso bem estar, no entanto, é preciso atentar-se ao excesso e buscar o equilíbrio, caso contrário, pode gerar problemas de saúde.

O comportamento disfuncional de comer muito, ou comer pouco ou até mesmo ingerir e depois expelir de alguma forma, seja por via oral ou anal, ao invés de deixar acontecer naturalmente o processo digestivo, tudo isso, pode levar ao que chamamos de transtornos alimentares, isto é, desenvolver algum tipo de transtorno. Os mais conhecidos são: Compulsão alimentar, bulimia nervosa (BN) e anorexia nervosa (AN).

A compulsão alimentar tem como característica principal a perda de controle, ou seja, a pessoa fica descontroladamente comendo sem estar com fome, come muito em grandes quantidades, de maneira muito rápida.

Apesar de que estes são valores inconsistentes, pois não existem dados ideais sobre a velocidade e quantidade de alimentos ingeridos. Dessa forma, por definição, a falta de controle está associada à impulsividade. A maioria das pessoas com este transtorno é obesa e predomina 2℅ da população.

A anorexia nervosa consiste quando uma pessoa se preocupa em demasia com o peso e forma corporal, geralmente ocorre em mulheres jovens e adolescentes. A visão corporal de um sujeito com anorexia se encontra distorcida e seu comportamento visa à perda de peso e sua manutenção abaixo do normal, o indivíduo também tem muito medo de engordar.

Os critérios que caracterizam a AN e diferenciam da BN consiste em: perda de peso excessiva auto induzida pela evitação de se alimentar, estar abaixo do peso esperado de acordo com a altura do sujeito e a distorção da imagem corporal.

Já a bulimia nervosa (BN) consiste quando o indivíduo tem uma preocupação persistente com o comer, uma vontade irresistível de comida e no final acaba comendo, porém faz uso de métodos compensatórios para evitar o efeito de "engordar", ou seja, provoca vômitos, abuso de purgantes, períodos alternados de inanição e utiliza-se também de drogas. A BN também é bastante característica das mulheres jovens e adolescentes.

Com o passar dos anos os "padrões de beleza" foram mudando e constantemente muitas pessoas são influenciadas e acabam fazendo dietas mirabolantes e prejudiciais a saúde. Entretanto, é importante ressaltar que a causa é multifatorial, ou seja, envolve fatores biológicos, psicológicos e sociais que se interrelacionam.

As pessoas que forem diagnosticadas com esses ou qualquer outro transtorno alimentar ou de qualquer outra ordem, devem procurar ajuda de profissionais de saúde para encontrar a causa e se trabalhar isso.

Também é de grande valia, destacar que visto que os transtornos alimentares acontecem com muita frequência na fase juvenil, o diagnóstico precoce e uma abordagem terapêutica apropriada dos transtornos são essenciais para o manejo clínico e prognóstico dessas condições.

Por fim, para o sucesso terapêutico, é necessária a constituição de uma equipe multiprofissional, a integração do médico, do psicólogo e do nutricionista para uma boa base terapêutica.

Este site utiliza cookies para ajudar a disponibilizar os respectivos serviços, para personalizar anúncios e analisar o tráfego.
As informações sobre a sua utilização deste site são partilhadas com a Google. Ao utilizar este site, concorda que o mesmo utilize cookies. Ler Política de Privacidade

Eu entendi.