Entreposto - Ceagesp, Ceasa - Clima prejudica produção de pêssego

Clima prejudica produção de pêssego

Notícias

O pêssego é um dos produtos mais comercializados na Ceagesp. De acordo com o balanço registrado pela Companhia de abastecimento de São Paulo, a fruta teve uma movimentação, no ano passado, de mais de 24 mil toneladas. Isso representou um valor financeiro de 91 milhões de reais.

O Entreposto paulistano, assim como as outras principais Ceasas do Brasil, importam o pêssego de outros países. O período de entrada dos importados acontece, geralmente, próximo ao final do ano, devido à demanda.

A Espanha e o Chile, por exemplo, são os maiores exportadores. Sendo que em 2016, no ETSP, foram comercializadas mais de 4,4 mil t da fruta que vieram, no caso da Espanha, o que a coloca na quarta posição dos produtos espanhóis mais vendidos.

O estado de São Paulo é um dos principais produtores de pêssego do País. Sendo que a produção é concentrada em poucas regiões, isso porque necessita de temperaturas baixas. Por isso, a região do Sudeste e do Sul se destacam na produção.

Recentemente, o clima não favoreceu ao cultivo em Rio Grande do Sul, consequência disso, a demanda vai ser menor nessa temporada. Para reduzir os prejuízos, os produtores estão procurando a venda direta ao consumidor final.

Este site utiliza cookies para ajudar a disponibilizar os respectivos serviços, para personalizar anúncios e analisar o tráfego.
As informações sobre a sua utilização deste site são partilhadas com a Google. Ao utilizar este site, concorda que o mesmo utilize cookies. Ler Política de Privacidade

Eu entendi.