Entreposto - Ceagesp, Ceasa - Frio favorece e prejudica produção de frutas, legumes e verduras

Frio favorece e prejudica produção de frutas, legumes e verduras

Notícias

Aqui no Brasil não há uma estação definida igual a dos outros países e isso atrapalha no resultado na agricultura. Porém, há uma média de temperatura e assim é possível ter um planejamento na colheita.

O inverno começa no dia 21 de junho e termina em 22 de setembro de 2018 e a previsão é de tempo mais seco e gelado. Com essas temperaturas acabam beneficiando alguns alimentos.

Um exemplo, é o caso da maçã que exige um clima mais temperado. Por isso, a região Sul do país se destaca na produção, sendo que São Joaquim, município de Santa Catarina, é a maior produtora de maçã do país.

A ameixa do tipo Europeia, ela possui uma maior exigência em temperaturas frias para quebra da dormência, o que constitui a principal espécie de ameixeira cultivada no mundo e serve como base tanto para a oferta de frutas para consumo in natura como também para a produção de ameixas desidratadas.

De acordo com a Embrapa, a temperatura é o fator climático mais importante para a produção de cenouras. Algo em torno de 10 a 15 ºC favorece o alongamento e o desenvolvimento de coloração característica, enquanto temperaturas superiores a 21ºC estimulam a formação de raízes curtas e de coloração deficiente.

Dependendo da cultivar, das condições de clima e dos tratos culturais, a colheita da cenoura pode ser feita de 80 a 120 dias decorridos da semeadura.

Entretanto, outros alimentos sofrem com temperaturas baixas, como é o caso da alface. No período de junho, a hortaliça sofre devido ao tempo frio e por isso afeta diretamente na qualidade e no preço. Produtores de alface se preocupam com consequência do frio intenso nas lavouras em Concórdia, Santa Catarina.

Já a couve-flor é mais sensível às oscilações do tempo, pois são as horas de frio acumuladas que induzem na formação e qualidade dos floretes. No entanto, com o processo de melhoramento, já existem híbridos mais tolerantes às variações de temperatura e umidade, o que garante mais segurança a quem investe na cultura

Este site utiliza cookies para ajudar a disponibilizar os respectivos serviços, para personalizar anúncios e analisar o tráfego.
As informações sobre a sua utilização deste site são partilhadas com a Google. Ao utilizar este site, concorda que o mesmo utilize cookies. Ler Política de Privacidade

Eu entendi.