Entreposto - Ceagesp, Ceasa - Atemoia, a fruta geneticamente modificada

Atemoia, a fruta geneticamente modificada

Notícias

O inverno começou no dia 21 de junho e vai até 22 de setembro, e este período favorece o cultivo de alguns produtos de FLVs – frutas, legumes e verduras.

Segundo o engenheiro agrônomo Samuel Sant’Ana, no Brasil podemos dividir os cultivos em verão e inverno, sendo o cultivo de verão mais complexo uma vez que temos inúmeros fatores que influenciam a cultura, como temperatura, fotoperíodo, chuvas, problemas fitossanitários entre outros que interferem na produção.

Por isso, a escolha e utilização de variedades adaptadas a estas condições, é de extrema importância para os produtores obterem êxito com o cultivo de verão.
De acordo com a Embrapa, Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, associada do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), tudo começa com a criação das sementes dos híbridos.

Para essa produção, são necessários alguns procedimentos como a inspeção de campo para a plantação e a eliminação de frutos que não são provenientes do cruzamento, chamado de “roguing”. Depois dessa etapa é feita a plantação e, enfim, aguardar o tempo de colheita para a extração de sementes.

É o caso da atemoia, sendo que ela foi criada a partir do cruzamento da pinha com a cherimoia. Geralmente, ela é confundida com a fruta do conde.

Seus benefícios incluem à presença do potássio, um mineral responsável por atuar no controle da pressão arterial e por beneficiar a saúde muscular.

A atemoia é um dos produtos comercializados na Ceagesp. De acordo com o balanço realizado, no ano passado, a fruta teve a movimentação de mais de 3 mil toneladas. Isso a colocou entre as 30 frutas mais vendidas no Entreposto paulistano.

Segundo a tabela de sazonalidade a partir do mês de abril até agosto é o melhor período para a comercialização, já que o produto se encontra em grande quantidade.

Assine gratuitamente nosso newsletter e receba os informativos com as principais notícias da semana.

Este site utiliza cookies para ajudar a disponibilizar os respectivos serviços, para personalizar anúncios e analisar o tráfego.
As informações sobre a sua utilização deste site são partilhadas com a Google. Ao utilizar este site, concorda que o mesmo utilize cookies. Ler Política de Privacidade

Eu entendi.