Entreposto - Ceagesp, Ceasa - Máquinas pesadas aumentam a produtividade do agronegócio

Máquinas pesadas aumentam a produtividade do agronegócio

Notícias

O agronegócio tem uma expressiva participação na economia do país. Hoje, a atividade representa pouco mais de 20% do Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil e, até o final de 2018, deve crescer 3,4% de acordo com dados do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), da Esalq/USP.

Com o alto potencial do setor, muitas empresas têm investido em diferentes tecnologias para garantir cada vez mais eficiência e redução de despesas para suas operações.
Porém, o que chamou a atenção do mercado atual é a alta procura por ferramentas que, até então, eram utilizadas apenas na construção civil. De acordo com Hugo Magno, Consultor de Desenvolvimento de Mercado da Sotreq, empresa com 76 anos de atuação no mercado e uma das maiores provedoras de soluções, produtos e sistemas Cat® no Brasil, existe uma explicação para o aumento das vendas para o setor.

“Há uma demanda crescente por produtividade no Agronegócio e, consequentemente, as aplicações se tornaram mais severas. Os parâmetros operacionais e de produção têm sido alterados para valores mais críticos, o que intensifica a necessidade por equipamentos de maior porte, mais produtivos e rápidos e com projetos que favoreçam maior disponibilidade mecânica”, descreve.

Atualmente, dois produtos se destacam na agricultura. Um é a Escavadeira, pela sua versatilidade em atividades como escavação de pequenos açudes, represas, lagos, tanques para carcinicultura, piscicultura, abertura de valetas para drenagem ou sistemas de irrigação, limpeza e preparação de terreno, silvicultura, supressão vegetal, entre outros. O outro é a Carregadeira, que pode ser empregada em terraceamento, levantamento de curvas de nível, preparação de terreno, pilhas de bagaço, movimentação de cargas como fardos de algodão, feno e muitas outras tarefas.

“Um mesmo equipamento pode realizar, de maneira eficiente, uma vasta gama de trabalhos. Sendo assim, independente da sazonalidade da safra, sempre haverá alguma atividade para uma maquina desse porte realizar”, afirma Magno.

Este site utiliza cookies para ajudar a disponibilizar os respectivos serviços, para personalizar anúncios e analisar o tráfego.
As informações sobre a sua utilização deste site são partilhadas com a Google. Ao utilizar este site, concorda que o mesmo utilize cookies. Ler Política de Privacidade

Eu entendi.