Entreposto - Ceagesp, Ceasa - De fome no sertão a milhões com agronegócio

De fome no sertão a milhões com agronegócio

Notícias

A trajetória de sucesso do empresário Francisco Lavor é realmente um exemplo, não somente para o setor corporativo, mas como ascensão de vida. Ele comanda o marketplace CBC Agronegócios, que agiliza o processo de compra e venda de itens agrícolas.

JE - Vindo de uma família humilde e de uma infância simples, como foi a sua trajetória até chegar a ser o fundador de uma empresa?
Francisco Lavor - Foi uma vida de muito trabalho, desde criança, quando cheguei com minha família vinda do interior do Ceará, em 1957. Eu participei, como muitas crianças naquela época, dos projetos de menor aprendiz das Indústrias Matarazzo. Fui engraxate, carreteiro e office boy. Foi trabalhando assim que paguei a Faculdade de Economia na PUC nos anos 70. Em 1972, comecei a trabalhar na Cibazen e dali não saí mais do agronegócio. Trabalhei como trader em Swift Armour e depois na Kaufman, tendo contato não só com o agro brasileiro, mas com as bolsas de mercadorias em Chicago e na Europa. Em 10 anos, eu corri o país e o mundo e aprendi muito sobre agronegócio e comercialização. Essa foi a experiência que me deu condições de, com 33 anos, criar a Corretora União. Daí em diante, sempre com muito trabalho, os negócios se expandiram para a área de energia, biodiesel e logística.

JE - Como que é hoje atuar no agronegócio, sendo que é o setor que mais colabora com o PIB no País?
Francisco Lavor - É um orgulho pra mim, ser parte disso há mais de 40 anos. Desde que eu entrei para esse mundo do agronegócio, a produtividade agrícola por hectare mais do que triplicou. Hoje, o Brasil está entre os maiores produtores mundiais de soja, milho, algodão, cana e gado. Exporta US$ 44,2 bilhões por ano, responde por um quarto do PIB brasileiro e emprega cerca de 19 milhões de pessoas, quase 20% do total de empregos do país. E vejo que ainda há espaço para crescer mais. O futuro do agronegócio está na tecnologia.

JE - Para quem ainda não conhece, quais são as atividades da CBC Agronegócios?
Francisco Lavor - A CBC Agronegócios traduz para o mundo digital tudo que acontece no mundo real da comercialização. É uma plataforma completa, rápida e eficiente onde qualquer produtor rural ou empresa pode comprar e vender produtos do agronegócio. A plataforma oferece todos os recursos para quem quer comprar ou vender com segurança, sem intermediários, seja no mercado interno, no porto ou para o mercado externo.

JE - Como funciona a plataforma digital de comercialização?
Francisco Lavor - De uma forma bem simples, em três passos. O primeiro é um cadastro gratuito e muitos simples. O segundo é o anúncio de qual produto se deseja comprar ou vender. O terceiro passo é acessar diariamente e fazer negócio. Esta é a única plataforma de comercialização digital do agro que conduz ao negócio. Através do site é possível interagir com o comprador ou vendedor, estabelecer todas as condições negociais e fechar o negócio.

JE - Quando se envolve tecnologia, internet, não podemos nos esquecer de segurança digital. Como vocês atuam nesse quesito?
Francisco Lavor - O software da CBC Agronegócios utiliza os mesmos recursos de segurança que os bancos utilizam em seus sites. As informações pessoais e das empresas dos clientes, bem como os volumes e valores negociados, são totalmente confidenciais.

JE - Na sua concepção, este modelo de negociação se adequaria aos permissionários da Ceagesp?
Francisco Lavor - Os permissionários podem utilizar as salas exclusivas de negociação, por exemplo. Lá é possível convidar todos os seus clientes e fornecedores para fazer as negociações através da internet. A sala exclusiva também aumenta o controle das negociações, já que a plataforma mantêm todas as negociações registradas no perfil dos usuários, com isso fica mais fácil elaborar relatórios, acompanhar a evolução de preços e manter o histórico de negociações com cada cliente.

Este site utiliza cookies para ajudar a disponibilizar os respectivos serviços, para personalizar anúncios e analisar o tráfego.
As informações sobre a sua utilização deste site são partilhadas com a Google. Ao utilizar este site, concorda que o mesmo utilize cookies. Ler Política de Privacidade

Eu entendi.