Entreposto - Ceagesp, Ceasa - Segundo a FAO, Brasil consome quantidade baixa de pescado

Segundo a FAO, Brasil consome quantidade baixa de pescado

Notícias

O consumo de pescado traz inúmeros benefícios para a saúde. Para comprovar isso, uma pesquisa da Universidade Loma Linda da Califórnia, concluiu que uma dieta pesco-vegetariana, que inclui peixes e frutos do mar, mas exclui outros tipos de carnes, e uma dieta vegetariana reduzem o risco de câncer de cólon e reto.

Se a ingestão de proteína proveniente dos peixes ocasionam ao consumidor uma qualidade de vida melhor, evitando o surgimento de algumas doenças, mesmo assim, infelizmente, o consumo de pescado ainda é baixo no País.

Segundo a FAO - Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura, o consumo brasileiro chega a ser inferior a 10,6 kg per capita, bem abaixo do recomendado pela OMS – Organização Mundial de Saúde. Enquanto, a Espanha, por exemplo, a média é de 42,4 kg per capital, o que a coloca como uma das maiores consumidoras do mundo.

Outro detalhe importante, antes mesmo da comercialização, é a logística e o transporte. De acordo com o professor da faculdade de Pós-Graduação do curso de Logística do Senai, Vinicius Viude, o setor de pescados, por exemplo, a perda chega a 35% sendo que a etapa de distribuição é o grande responsável por 20% deste desperdício. Muitas empresas acabam repassando ao consumidor o produto não se encontrando em bom estado.

É preciso tomar alguns devidos cuidados. A assessora técnica de Pesca, Piscicultura e Meio Ambiente da Emater-MG, Vanessa Gaudereto orienta como deve estar o peixe.

“No caso dos locais que vendem peixe fresco, o produto deve estar coberto por uma camada espessa de gelo. Indicamos que, na hora de fazer a compra no supermercado, ele deve ser o último item da lista, para não ficar muito tempo fora do ambiente refrigerado. o peixe deve estar com olhos brilhantes, salientes, sem manchas brancas no centro e deve ocupar toda a cavidade ocular. As brânquias devem ter a cor rosa ou vermelho intenso, e precisam estar úmidas e brilhantes. Já as escamas, devem estar bem aderidas ao corpo, além de terem aspecto brilhante e sem mancha”, esclarece Vanessa Gaudereto.

 

Este site utiliza cookies para ajudar a disponibilizar os respectivos serviços, para personalizar anúncios e analisar o tráfego.
As informações sobre a sua utilização deste site são partilhadas com a Google. Ao utilizar este site, concorda que o mesmo utilize cookies. Ler Política de Privacidade

Eu entendi.