Entreposto - Ceagesp, Ceasa - Empresa chinesa de refrigeração inicia operações no Brasil em 2020

Empresa chinesa de refrigeração inicia operações no Brasil em 2020

Notícias

Fenatran foi o marco inicial da Kaixue-SuperSnow no mercado brasileiro; marca aposta no pós-venda

Após apresentação oficial durante a Fenatran 2019, a chinesa Kaixue-SuperSnow anuncia o início de suas operações no Brasil para o primeiro trimestre de 2020. Durante a feira realizada em São Paulo, o executivo brasileiro Paulo Lane, responsável por trazer a marca ao país, pontuou a estratégia de negócios da empresa e como será a operação no mercado nacional.

Para Lane, o entusiasmo dos executivos Tim Zou (VP & Gerente Geral de Exportação), Leo He (Gerente Geral para o Exterior) e Gabriel Doyle (Coordenador de Desenvolvimento de Novos Negócios da Cadeia do Frio) durante a feira reforçou as expectativas.

“Todos ficaram impressionados com a pujança do mercado brasileiro e animados com as possíveis parcerias, que vão acrescentar positivamente aos novos negócios”.

A estratégia de entrada no mercado da cadeia do frio se concentrará no eixo Rio de Janeiro – São Paulo - Paraná. Segundo o executivo, a região concentra grande parte dos negócios do segmento. Estudos e pesquisas apontam que 30% a 40% dos alimentos a nível mundial se perdem em todo o processo desde a colheita até o consumo. Uma parte significativa da perda está relacionada à deficiência da Cadeia do Frio.

“O Brasil, por ser um país de grandes distâncias, baseado no modal rodoviário, e clima quente, com certeza é um mercado animador, com grande potencial de crescimento da Cadeia do Frio” pontua.

Na China, a Kaixue-SuperSnow possui duas fábricas, que somam mais de 400 colaboradores, e é a maior fabricante local de equipamentos de refrigeração de transporte. Atualmente a marca exporta para mais de 70 países e está bem estruturada para expansão em toda a América Latina.

Expectativas

Após o primeiro trimestre de atuação, os objetivos serão de replicar o conhecimento e expertises adquiridos e fazer a expansão para os mercados do México, Chile, Peru.

Lane esclarece que a América Latina e Caribe compreendem uma região com aproximadamente 650 milhões de pessoas, ou seja, 8,5% da população mundial, com grande potencial de crescimento. “Além disso, são muitas oportunidades de desenvolvimento e melhoria da Cadeia do Frio. E na América Latina, o Brasil é o país com maior potencial de crescimento do segmento de produtos perecíveis”.

Os produtos apresentados estande da Fenatran serão os primeiros a serem disponibilizados no mercado de distribuição. Os equipamentos KX 350, KX 450 e KSD 800, além de já trazerem um know how da marca em países como China, África, Austrália, Oriente Médio e Sudeste da Asia, são também soluções que asseguram mais espaço útil para a carga.

Lane reforça ainda que outro diferencial da marca será no pós-vendas. Mesmo que em um primeiro momento os equipamentos sejam importados, a empresa já está em pleno processo de desenvolvimento de uma rede de vendas e serviços nas principais cidades do país. “A SuperSnow assegura uma excelente performance, uso de componentes globais de primeira linha e um excelente Custo Total de Operação (TCO - Total Cost Operation)”.

Produtos expostos na Fenatran

  • KX-350 – equipamento com compressor acoplado para distribuição de produtos resfriados em baú de até 20 m3e congelados até 15m3. Opção com stand-by elétrico
  • KX-450 – equipamento com compressor acoplado para distribuição de produtos resfriados em baú de até 22 m3e congelados até 16m3. Opção com stand-by elétrico
  • KSD-800 – equipamento com motor diesel independente e elétrico auxiliar para viagem larga distância ou distribuição de produtos resfriados em baú de até 40 m3e congelados até 32m

Este site utiliza cookies para ajudar a disponibilizar os respectivos serviços, para personalizar anúncios e analisar o tráfego.
As informações sobre a sua utilização deste site são partilhadas com a Google. Ao utilizar este site, concorda que o mesmo utilize cookies. Ler Política de Privacidade

Eu entendi.